c

c
Imagens: Sicalis flaveola (Canário-da-terra)/Cláudio Gontijo/Lassance-MG

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Entre a lamúria e o sorriso


Leva tempo para podermos sorrir como as flores.








Sorrir em sorrisos largos, de olhos rasos de lágrimas, por alegria e boa vontade, é tarefa para muitas caminhadas. Porque o tempo nem sempre amanhece em dias claros, de cores e luz. Porque o tempo nem sempre nos afaga em brisa leve.

Nem sempre há sorriso quando entregamos ao outro uma parte do que vamos utilizar, tornando um pouco menor o nosso pão. A caridade é longa  jornada até chegarmos à decisão da partilha.

Enxergar com piedade não é tão simples como o riso. E não haverá alegria até que possamos notar aqueles que perambulam por caminhos de brasas e espinhos; perdidos pelo vício, pela violência, pela descrença, pelo rancor, pela miséria espiritual.

Arrumar a veste simples, tosca e desbotada, e seguir dignamente o trilho da esperança é decisão trabalhosa, nem sempre alegre. Porque o caminho para a doação é largo quando estamos vestidos com o linho, mas pode ser penoso quando não temos o cobertor que precisamos.

Sorrir em verdade e amor é decisão para toda uma existência, é busca abençoada. Abençoada na medida em que aprendemos a agradecer com sinceridade. É graça quando nos guiamos pela Fé.







Texto e imagem: Cláudio Gontijo/Lassance-MG



6 comentários:

ADILÉA disse...

Achei super interessante o seu blog Cláudio. Quero ler todas as suas postagens. Eu também fui professora durante 31 anos e por isto resolvi criar o meu blog para deixar registrado todas as minhas experiências, durante este longo percurso. Confesso que está difícil parar de criar pois mesmo estando fora de sala de aula continuo criando e recriando todos os dias. Um abraço.

MARILENE disse...

Vivemos uma época de muitos sorrisos e pouca solidariedade. De olhos voltados para o poder, de vontade de agradar com interesses duvidosos. Mas o sorriso de abertura, de cores, de beleza, leva o bem estar a muitos e, principalmente a nós mesmos.

Claudio Gontijo disse...

Adiléa

Agradeço a visita e as palavras. Agradeça a Deus pela capacidade de criar e recriar. Um abraço fraterno do seu colega.

Claudio Gontijo disse...

Marilene

Só agrada, verdadeiramente, quem possui interesses legítimos. Não se preocupe com a dúvida.
Um grande abraço. Que a sua jornada seja de muita alegria.

CÉU disse...

As imagens, fotos, talvez, creio, são lindíssimas e repletas de plenitude. Seus textos, e como você próprio diz, no blog, são fruto de suas vivências, de simplicidade e de muita fé.

"Entre a Lamúria e o Sorriso" é um texto muito realista, muito bem escrito e muito "doce".
É sempre fácil sorrir ou fazer sorrir, desde que o coração esteja em festa.

Bom fim de semana.

Claudio Gontijo disse...

Céu

Obrigado pelas palavras oportunas e de boa vontade. Visite o Plenitude sempre que puder.

Que a sua alegria seja constante. Um abraço.