c

c
Imagens: Sicalis flaveola (Canário-da-terra)/Cláudio Gontijo/Lassance-MG

terça-feira, 10 de setembro de 2013

O Caminho

Estou voltando prá casa.

Talvez tenha andado pouco,

mas os rastros não são ilusórios.

Volto como quem retorna;

sem máscaras,

sem luvas,

sem métodos.


Lavadeira-Mascarada





Não calculei a jornada,

e se sinto dores, rancores,

não vou deixar o caminho.

Ao mover-me faço escolhas,

abdico sem diminuir o ritmo.


Maritaca



Preciso avisar que,

as tarefas que experimentei,

não tornaram rudes os meus passos.

Pouco me importa,

se já cheguei a perder a razão,

pois sei que modifiquei muitas trilhas.




Bem-te-vi




Estou de volta,

e sou o que sou.

Estou rumando prá onde posso ficar,

onde continuo a me libertar.

Estou a um passo de lá.











Texto e imagens: Cláudio J Gontijo
.



6 comentários:

Silenciosamente ouvindo... disse...

Maravilhoso post. Adoro aves. Muito bonitas
as imagens inseridas enquadradas com o texto.
Bj.
Irene Alves

Lúcia Soares disse...

Bem-vindo, então, de volta ao que gosta de fazer. Linda poesia.
Obrigada pelo convite.

Orvalho do Céu disse...

Olá, Cláudio
Linda poesia e a natureza nos integra em todos os níveis...
Abraços fraternos de paz e bem

Claudio J Gontijo disse...

Obrigado pela visita Irene. Fico muito feliz.
Bj.

Claudio J Gontijo disse...

Grande abraço Lúcia.

Claudio J Gontijo disse...

Obrigado. Grande abraço.