c

c
Imagens: Sicalis flaveola (Canário-da-terra)/Cláudio Gontijo/Lassance-MG

sábado, 16 de julho de 2016

Pássaros II

Os pássaros espalham-se por quase toda a superfície terrestre. Um dos fatores que auxiliam a sobrevivência destas espécies é a sua capacidade de manter a temperatura corporal estável, homeotermia. Outro fator importante é que estes animais possuem o corpo revestido por camadas de estruturas complexas, as penas. Este revestimento externo os auxilia, na maioria das vezes, a manter a impermeabilidade da pele à água.

A possibilidade do voo permite que os pássaros migrem de uma região para outra, sempre que encontram adversidades climáticas, escassez de alimento e o perigo da proximidade de predadores. Este é, também, uns dos fatores que lhes fornecem notável poder de adaptação aos diversos biomas da terra.

A reprodução frequente dos pássaros, em média três vezes ao ano, o curto período de incubação dos ovos e o rápido desenvolvimento dos filhotes são ainda fatores que produzem a enorme multiplicidade destes seres vivos no planeta.





















































Lavadeira mascarada (Fluvicola nengeta), Suiriri-cavaleiro (Machetornis rixosa), Falcão-quiriquiri (Falco sparverius), Alma-de-gato (Piaya cayana), João-de-barro (Furnarius rufus), Canário-da-terra (Sicalis flaveola), Pássaro-preto (Gnorimopsar chopi), Garça-branca-grande (Ardea alba).  Imagens: Cláudio Gontijo