c

c
Imagens: Sicalis flaveola (Canário-da-terra)/Cláudio Gontijo/Lassance-MG

terça-feira, 20 de junho de 2017

Amor recíproco




A gratuidade de nossos gestos revela o imenso amor de Deus por cada pessoa com quem nos relacionamos, porque todo amor gratuito vem de Deus e a Ele retorna através dos irmãos. Não importa se quem ama tem ou não um referencial religioso, se ama com pureza de coração é porque a essência do divino, que está em todos nós, o impulsiona a fazer o bem.

Comigo acontece muitas vezes que assumindo como minhas as dificuldades do próximo, depois encontro as minhas resolvidas ou amenizadas. O amor realiza o milagre da comunhão assim como o fenômeno de um líquido dentro de vasos comunicantes, ao ajudar alguém a resolver seus problemas, ao mesmo tempo estou resolvendo também os meus. Ou acontece que diante de uma grande dificuldade de um irmão, a minha dificuldade parece mínima. É como se Deus me dissesse: Faz algo por mim no irmão que eu também farei por ti.








Apolônio de Carvalho Nascimento

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Luz





Onde quer que você esteja, seja alma. Discutir não alimenta. Reclamar não resolve. Revolta não auxilia. Desespero não ilumina. Tristeza não conduz  a lugar algum. Lágrima não substitui suor. Irritação intoxica.

Para todos os males, só existe um medicamento de eficiência comprovada, continuar em paz, lutando, compreendendo, ajudando, aguardando o curso sábio do tempo, na certeza de que o que não for bom para os outros não será bom para nós.

Pessoas feridas ferem pessoas. Pessoas curadas curam pessoas, pessoas amadas amam pessoas, pessoas transformadas transforam pessoas. Pessoas repudiadas repudiam pessoas. Pessoas amarguradas amarguram pessoas. Pessoas santificadas santificam pessoas.

Eu posso interferir diretamente naqueles que estão ao meu redor. Portanto, acordo. Cubro-me de gratidão e recomeço. O que for benção para a vida, Deus entregará, e o que não for Ele livrará.

Um dia bonito nem sempre é um dia de sol, mas com certeza é um dia de harmonia e paz.



Autor desconhecido.