c

c
Imagens: Sicalis flaveola (Canário-da-terra)/Cláudio Gontijo/Lassance-MG

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Maritaca Verde

Os buracos em troncos de árvores, em barrancos, as copas dos coqueiros de grande porte, os rochedos nas encostas das serras são aproveitados por esta espécie para a construção dos seus ninhos. A Maritaca-verde reproduz nos meses de setembro a fevereiro. A fêmea cuida da incubação dos ovos. O macho alimentará os filhotes e a sua companheira durante este período. Em cada ninho são depositados entre dois e cinco ovos. Os filhotes permanecerão por cerca de quatro semanas na companhia do casal até poderem voar.




A Maritaca-verde alimentando-se em uma goiabeira. Imagem: Cláudio Gontijo/norte de Minas





A  Maritaca-verde (Pionus maximiliani) vive em bandos de 10 a 40 exemplares, quando a alimentação é farta o número pode aumentar. Sementes, frutos, cereais, são o seu alimento predileto. Seu habitat são as matas densas, matas ciliares, vegetação do início das formações montanhosas, o cerrado e a caatinga. Vive nas regiões centrais do Brasil, no Nordeste, Sul e Centro-norte de Minas, Bolívia, Paraguai. 

Muitas destas populações já foram dizimadas pelo tráfico ilegal de filhotes nas margens das rodovias e envenenados pelos agrotóxicos presentes nos arrozais. 
Postar um comentário